quarta-feira, 24 de outubro de 2012

O que fiz com meu buquê...

Olá!!
Como estão amigas? Graças ao carinho e apoio de vocês e aos cafunés que ganhei da minha madrinha Kathia eu estou bem melhor. Ainda me adaptando, mas melhor. Obrigada pelos recados carinhosos, até poesia eu recebi! Obrigada, Jane Marie!
Antes de mostrar algumas fotos da festa do casamento, eu gostaria de contar o que fiz com meu buquê. Meu padrinho fez um comentário aqui no blog falando de quando dividi o buquê... Sim, foi isso o que fiz. Decidi que aproveitaria o buquê pra fazer algumas homenagens, então pedi à florista que fizesse meu buquê com 7 ramalhetes separados de flores e depois os unisse em um só buquê.
Quando o buquê chegou, eu e minha irmã enrolamos o cabo das rosas com a mesma renda branca que usei na decoração (na cortina de rendas e fitas, nas cadeiras dos noivos...), demos um laço e eu coloquei o tal pingente (que já comentei no post sobre a decoração da festa) que ganhei da minha mãe há séculos atrás. Ficou assim:
Na hora de jogar o buquê, minha cerimonialista linda, a Adriana, já tinha separado os ramalhetes e foi me entregando um por um. O primeiro entreguei pra minha vó materna, a única que tenho, uma mulher maravilhosa, de carinhos discretos e olhar travesso, que criou muito bem 9 filhos. O segundo foi pra minha própria mãe, que eu amo e admiro demais, que me ensinou quase tudo que sei, inclusive a costurar! E criou 3 filhos maravilhosos, inclusive eu, hehehehe! O terceiro foi pra minha sogra, que afinal, fez meu marido pra mim, né? Outro foi pra minha tia Maria de Lourdes, que me ajudou muito nessa vida, inclusive financeiramente quando foi necessário. Outro foi pra minha tia Sandra Luiza, única remanescente da minha família paterna, que sempre foi uma segunda mãe pra nós (eu e meus irmãos) com quem aprendi a chamar as pessoas de "amor", "meu bem", "paixão"...  A sexta parte ficou pra mim mesma, ora bolas! E a sétima eu joguei pras amigas casadoiras! Quem pegou foi uma menina linda de 15 anos, filha de um amigo do noivo. Eu desejo que ela faça um lindo casamento, daqui vários anos!
Eis minha parte do buquê (que estou tentanto desidratar sem estragar), a boutonnière do Ruben (que ele insistiu em usar JUNTO com lenço apesar de eu tê-lo orientando que isso é deselegante, infelizmente eu não estava lá antes do início da cerimônia e ele fez essa barbaridade!), e nossa placa personalizada do carro lindo que me levou até a vinícola.
 Aqui minha linda Galadriel posando com o buquêzinho da mamãe...
E o terço abençoado que ganhamos do frei Laerte durante a bênção da nossa união. Esse tercinho está junto ao meu São Francisco de tecido no ateliê, ao lado de Santa Edwiges.
Amigas, uma ótima quinta-feira pra todas, em especial pra Sandra!

8 comentários:

Daiane Rodrigues disse...

muito legal isso que você fez.... criatividade a mil .... parabénss ficou lindo...

http://tudopodevirarrealidade.blogspot.com.br/

Nina Dias disse...

Linda homenagem às mulheres importantes em sua vida! Acho que isso valoriza ainda mais a cerimônia!Lindo dia! bj Nina

Luciana F. Damiano disse...

Dê, o post ta lindo, mas a melhor coisa é a foto da gata com o buquê!!! Rouba a cena, rsrsrs.

beijo!

Nosso quadradinho disse...

Muito lindo o que você fez. Mostrou o carinho que sente por essas pessoas.
Bjs

Bruna disse...

De,to sentindo a mesma coisa que vc relatou no post anterior )=
Minha vida ta um Caos.....quando meu casorio passar eu venho te contar tudinho que aconteceu viu?
Não esqueci de vc nao!!!
Bjkss

Jussara Machado disse...


Oi Denise,

tudo lindo, tudo magnífico!
Eu curti seu casamento desde o dia do noivado. Adorei tudo. A Galadriel está supimpa nessa foto.
Parabéns mais uma vez, e de novo meus votos de muitas felicidades à vcs.
Beijos
Jussara

Pepa disse...

Oi Denise, é a Vi, quantas emoções..lindo o que você fez com o buquê, dividir sua alegria com quem ama.
Acho que esse vazio é pela mudança, as mudanças deixam saudades do passado e geram expectativas futuras, logo você vai se adaptar.
Muitos beijos,Vi

Andrea disse...

Lindo seu buquê De, imagina só ele em um quadro box? Se eu não me engano existe uma técnica de banhar as flores em cera para preservar, olha, mas li isto há muito tempo: http://www.angelfire.com/journal2/flowers/pcd21.html se funcionar vai ficar bárbaro!!! beijos!