sábado, 19 de março de 2011

Dia do Artesão

Olá!
Contrariando minha prática habitual, hoje vou postar somente um texto que escrevi ontem.
Dia do Artesão

No dia 19 de março é comemorado o dia de São José, o padroeiro dos carpinteiros (ele próprio era um) e, por extensão, dia do artesão.
Artesão é aquele que produz algo com as mãos, é o responsável por transformar matérias-primas em produtos acabados. Os primeiros objetos feitos pelo homem eram artesanais, logo os primeiros artesãos surgiram na Pré-História, num período chamado neolítico (6.000 a.C), quando o homem aprendeu a polir a pedra, a fabricar a cerâmica e a tecer fibras animais e vegetais.
A história do artesanato tem início no mundo com a própria história do homem, pois a necessidade de se produzir bens de utilidades e uso rotineiro, e até mesmo adornos, expressou a capacidade criativa e produtiva como forma de trabalho. A partir do século XI, o artesanato, na Europa, ficou concentrado em espaços conhecidos como oficinas, onde um pequeno grupo de aprendizes vivia com o mestre-artesão, detentor de todo o conhecimento técnico. Este oferecia, em troca de mão-de-obra barata e fiel, conhecimento, vestimentas e comida. Criaram-se as Corporações de Ofício, organizações que os mestres de cada cidade ou região formavam a fim de defender seus interesses. Enquanto quem vivia nos campos era servo, nas cidades viviam os homens e mulheres livres, em geral artesãos e comerciantes. Essa ideia produziu um ditado na Alemanha medieval que dizia "o ar da cidade liberta".
Atualmente me parece que a palavra artesanato tem um peso pejorativo. Muitas pessoas só entendem por artesanato aquelas peças ou técnicas regionais (que devem ser valorizadas mesmo, até porque são mostras da cultura popular que deve ser preservada) que se tornam um atrativo turístico por serem tão pitorescas. Mas além disso, me incomoda que toda e qual peça produzida manualmente esteja apta a fazer parte da definição de artesanato.
Talvez seja para escapar desse "balaio de gatos" em que a definição de artesanato coloca, lado a lado, as peças mais delicadas e bem acabadas e as mais grosseiras e de mau gosto, que muitas pessoas atualmente denominem suas produções como "crafts" ou "handmade", em vez de artesanato.
Acredito que a boa vontade de muita gente em ajudar outras pessoas a resgatar sua auto-estima ou gerar renda através do "artesanato" tenha sido, em parte, responsável pelo "boom" do artesanato no Brasil colocando toda produção manual no mesmo patamar.
Mas sinceramente, e sem querer ser esnobe ou elitista, há que se diferenciar toda e qualquer peça produzida artesanalmente de peças de artes manuais. Com isso quero dizer que o artesão não é somente aquele que produz uma peça com as mãos, pois muitos aprendem a produzir uma peça e a reproduzem à exaustão, sempre exatamente como fizeram as outras! Mas que artesão é aquele que produz com as mãos, com a criatividade, com a emoção e, por isso, produz uma peça única, e ainda que faça outras peças com a mesma técnica ou para o mesmo uso, jamais as peças serão iguais, pois sua inquietação e seu amor pela perfeição não permitem que copie nem a si mesmo.
E para isso não é necessário curso com professores famosos e nem materiais caros, é preciso sentimento, delicadeza, criatividade, conhecimento, intuição (claro!) e capricho.
Eu digo com orgulho que sou uma artesã, que minha mãe é uma artesã, que minhas avós foram artesãs, que tenho prima, tias e tios artesãos. Sim, fui abençoada com uma família de muitos artesãos (tricoteiras, crocheteiras, padeiro, carpinteiro, costureiras, confeiteiras...). E deem o nome que quiserem, seja artesanato, craft, handmade, eu amo o que faço.
E para todos os que são ARTESÃOS de verdade e fazem do mundo um lugar onde a beleza e o aconchego das peças produzidas com amor e dedicação aproximam as pessoas, um muito feliz Dia do Artesão!

Texto: Denise "Mimos de Pano" (artesã, historiadora e professora)
Fontes de consulta:http://www.programaartebrasil.com.br/hist_artesanato/hist_arte.asp
http://pt.wikipedia.org/wiki/Artesanato

3 comentários:

Nina Dias disse...

Parabéns Denise pelo seu dia, nosso dia! bj Nina

Jussara Machado disse...

Parabéns Denise, pelo texto e pelo nosso dia. Hoje eu peço a Deus que nos ilumine trazendo sempre muita inspiração e criatividade, que proteja nossas mãos, nossos olhos e principalmente, que encha de amor nossos corções para que possamos doar aos nossos trabalhos.
Beijos com muito carinho pra vc.
Jussara

Luciana F. Damiano disse...

Oi Denise!!!
Obrigada pela visita.
Esse texto ficou lindo!
Parabéns pelo dia do artesão.
beijos...